Experimentar, viver e cantar as Misericórdias do Senhor

Instituto Hesed

“Oh, Jesus, se tão delicioso é desejar amar-Te, que não será, então, possuir e gozar do amor? Como pode alma tão imperfeita aspirar a plenitude do amor? Ah, Jesus, meu primeiro, meu único amigo, amor. Dize-me em que consiste este Mistério!” (Santa Teresinha)

O coração da vida contemplativa é a construção de uma aliança de amor esponsal com Cristo. Hesed, palavra hebraica que significa “misericórdia”, exprime também em seu significado mais abrangente, a bondade, a compaixão, a fidelidade, o amor esponsal, a Aliança, a ternura de DEUS para com a alma.

Esse termo exprime a bondade que decorre do Coração de Deus em favor do seu povo escolhido (“a graça”, em Ex 34,6); “Eu te desposarei a mim para sempre, eu te desposarei a mim na justiça e no direito, no AMOR (Hesed) e na ternura. Eu te desposarei a mim na fidelidade e conhecerás o Senhor” (Os 2,21-22), exprime o amor de Deus por seu povo e os benefícios que dele decorrem. Mas este Hesed de Deus requer no homem também o hesed, isto é, o dom da alma, a amizade confiante, o abandono, a ternura, a piedade, em uma palavra, o amor, que se traduz por uma submissão alegre à vontade de Deus e pelo amor ao próximo.

Experimentar

Primeiro: fazer a experiência.

Esta é uma experiência de amizade, porque está imbuído na Misericórdia o Amor e a Verdade; não existe uma profunda experiência da Misericórdia sem uma profunda experiência deste amor e desta verdade, quando fazemos esta experiência enxergamos o que somos e quem Deus é.

Experimentar em primeiro lugar este Amor de Deus que vem e que me quer, me deseja; experimentar esta minha realidade de fraqueza e de pecador, enxergar a verdade, o que me separa de Deus, o que me impede de ser todo(a) Dele, o que me impede de realmente ser feliz.

Esta é a experiência da Misericórdia. Porque é uma experiência de amizade? Porque só contamos os segredos mais íntimos, por mais feios que eles sejam quando confiamos; é uma experiência de amizade com Deus onde eu não tenho medo de ser criticado, de ser rejeitado; mas sei que vou ser ajudado(a) a transformar minha vida, a deixar que Ele transforme; deixar-se amar, deixar que Ele “faça nova todas as coisas” na minha vida. Esta foi a experiência da pecadora quando se aproximou de Jesus, ela fez uma experiência profunda de amizade.

Viver

Viver esta misericórdia. Agora eu vou pôr em pratica, vou ser presença de Jesus Misericordioso para outros. Quem experimenta, quem está cheio de Deus, não pode ficar guardando só para si por que Deus é amor e é próprio do Amor dar-se continuamente.

Cantar

Este cantar é ação de graças, porque eu experimentei, sou sinal da presença de Deus para os outros, sinal da misericórdia e vejo as maravilhas Dele. Então, como resposta, vem agora a Ação de Graças, o cantar, o louvor e também o anúncio dessa Divina Misericórdia. O salmo diz: “As Misericórdias do Senhor eternamente eu cantarei”.